Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


Mostra de curtas no teatro Brasília Shopping

Amostra_de_curtas_metragens

Sobre a Mostra de Curtas

 

O trabalho de cineastas brasileiros ganha a tela do Teatro Brasília Shopping todas as quartas-feiras com a Mostra de Curtas. O projeto já ultrapassou a marca de 500 filmes exibidos ao longo dos últimos três anos, garantindo um programa imperdível e com entrada franca para o meio de semana do brasiliense. A Mostra de Curtas tem a curadoria do dramaturgo Maurício Witczak e da atriz Wol Nunnes. Os filmes são exibidos a partir das 20h.

Para outubro, a dupla de curadores selecionou novas produções de cineastas de Brasília. Entre elas, quatro curtas de André Amaro. “As narrativas imagéticas e experimentais de Amaro, que trouxe na bagagem trabalhos realizados no período em que estudou cinema na Espanha, estreiam na seleção da Mostra deste mês”, adianta Wol. Os curadores também destacam o intrigante O tiro, de João Inácio, e as produções que participaram da Mostra Brasília no 48º Festival de Brasília do cinema Brasileiro. Exibiremos João Brandão adere ao punk, de Ramiro Grossero, Escuro do medo, de João Gabriel Caffarelli e O melhor fotógrafo do mundo, de Faustón da Silva.

 •••••••••

Programação

7 DE OUTUBRO

Carta para Rosa, de André Amaro. Baseado na obra Escrevo-te hoje Rosa para dizer-te que…, do artista português Pedro Cabrita Reis, este curta experimental mescla fotografia e vídeo para contar a história de um homem anônimo que deixa sua cidade e um suposto amor para viver como um viajante solitário. 14 min. 2015.

 Propriedades de uma poltrona, de Rodrigo John. Em casa de Jacinto as crianças se divertem com as estranhas propriedades de uma velha poltrona, até que a passagem do tempo as faça ver o misterioso móvel com outros olhos. 8 min. 2010.

 Palavra Plástica, de Léo Falcão. A partir de imagens poéticas propostas por 20 artistas, constrói-se um argumento lírico sobre a vida do poeta Carlos Pena Filho. 10 min. 2011.

A felicidade de envelhecer, de Cleiton Freitas. É possível envelhecer e ainda se sentir feliz, saudável? O filme mostra histórias de pessoas que passaram dos 60 anos, moram em um asilo e ainda assim tem seus momentos felizes. 30 min. 2015.

14 DE OUTUBRO

Não deu tempo, de Tibico Brasil. Documentário sobre José Albano. 10 min. 2000.

 O tiro, de João Inácio. Era para ser apenas mais uma noite na vida de Haroldo Nobre, mas algo acontece em seu coração quando o som de um tiro interrompe uma reticente poesia que deixa uma pergunta no ar: A quem pertence a vida? 18min. 2015.

 Travelling, de André Amaro. Um homem comemora seu cinquentenário numa viagem à cidade holandesa por meio de uma câmera em travelling, daí o título do filme que remete igualmente ao ato de viajar. Paisagens urbanas servem de fundo a uma reflexão existencialista. 11 min. 2015.

João Brandão adere ao punk, de Ramiro Grossero. Do conto homônimo de Carlos Drummond de Andrade, João Brandão, estudioso de fenômenos sociais, dedica-se no momento a pesquisa do punk. 15 min. 2015.

21 DE OUTUBRO

O caso libras, de Melise Maia. Um casal de surdos discute dentro de um ônibus pela linguagem de sinais. Apesar de estarem rodeados de pessoas, ninguém sabe ao certo porque o casal discute tanto. 15 min. 2011.

Vida Maria, de Marcio Ramos. Maria José, uma menina de 5 anos de idade, é levada a largar os estudos para trabalhar. Enquanto trabalha, ela cresce, casa, tem filhos e envelhece. 9 min. 2006.

 Escuro do medo, de João Gabriel Caffarelli. As noites de Eduardo não estão fazendo bem pra sua saúde. Devido ao medo do escuro sua mulher insiste em dormir com a luz acesa. 17 min. 2015.

Cinzas, de André Amaro. Pai e filha seguem viagem para as montanhas da cidade catalã com uma missão familiar. O silêncio e as brumas de inverno se encadeiam em fusões sucessivas de imagens numa narrativa visual valorizada pela bela fotografia a cargo do diretor. 14 min. 2014.

 28 DE OUTUBRO

 Closet, de Thiago Lopes. Não é mais uma briga de casal. São os valores da sociedade happy end que estão em questão. 10 min. 2014.

Selvagem, de André Amaro. Documentário sobre o primeiro festival de artes cênicas (Salvaje), ocorrido no bairro de San Cristóbal, ao sul de Madrid. Revela um curioso jogo entre áudio e imagem, sobrepondo a narração em off das obras teatrais às tomadas realizadas no bairro. 22 min. 2015.

O Radialista, de Nilton Pedra. Radialista que conta com incrível audiência é pressionado pelas autoridades a omitir determinadas informações sobre corrupção no governo. 7 min. 2014.

O melhor fotógrafo do mundo, de Faustón da Silva. A história de um simples horticultor que não conseguiu realizar o sonho de ser fotógrafo. A escassez de dinheiro o impediu de comprar uma máquina fotográfica, mas não retirou dele o sonho de enxergar o mundo com outros olhos e compartilhá-lo com o filho. 25 min. 2015.

•••••••••

Ingressos

 Entrada Franca

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

 •••••••••

Mais Informações

Telefone: (61) 2109-2122

Classificação: Não informado

  • •••••••••