Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


Maya Plisetskaya

Maya_Plisetskaya

Morreu Maya Plisetskaya, diva do ballet clássico do século XX

Alex Paz - 03/05/2015

A bailarina e coreógrafa russa Maya Plisetskaya morreu ontem em Munique, aos 89 anos, em consequência de um ataque cardíaco, revelou o diretor do Teatro Bolshoi.

Maya Plisetskaya nasceu em Moscou em 1925 no seio de uma família com ligações às artes, em particular à dança, que começou a praticar aos três anos. Aos nove anos ingressou no Bolshoi Ballet School e aos 18 anos foi eleita primeira bailarina daquele teatro.

Considerada a criadora de algumas das inovações coreográficas e interpretativas mais importantes das últimas décadas, Maya Plisetskaya dançou durante meio século, sendo A morte do cisne, Bela Adormecida e uma versão moderna para Bolero, de Ravel, algumas das interpretações mais memoráveis.

Yury Grigorovich, Roland Petit e Alberto Alonso foram alguns dos coreógrafos que criaram coreografias para Maya Plisetskaya. No dia do 70º aniversário, em 1995, a bailarina estreou a coreografia Ave Maya, que Maurice Béjart criou para ela.

Oriunda de uma família judia, o pai foi morto pelo regime de Stalin em 1938 e a mãe foi enviada para trabalhos forçados no Cazaquistão, acusada de traição à União Soviética.