Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


Juca Novaes

Lenine

Juca Novaes

O artista fala dos mais de 30 anos do festival FAMPOP (em Avaré, SP) dirigido por ele, dos grandes nomes da MPB que surgiram desse evento e do lançamento de seu CD com coletânea de músicas consagradas em todos esses anos de festival.

Jamais passou pela minha cabeça, nem dos demais idealizadores, que o festival alcançaria a projeção que teve. Queríamos apenas fazer um festival do qual os músicos e compositores gostassem, e se identificassem com ele. Coisas como um júri imparcial e de notório gabarito, ou uma ajuda de custo para pagar a viagem dos músicos, ou uma sonorização de primeira linha. Isso não era padrão. Com a passagem do tempo, e com a ajuda da minha obsessão em guardar e registrar as minhas coisas e de meus trabalhos, se formou um grande acervo. Tudo está documentado, desde a primeira edição: imagens, sons, objetos, documentos. Essa obsessão de historiador, compartilhada por alguns dos demais criadores do festival, e a seriedade da organização, ajudaram o festival a se tornar referência. Comecei a levar os principais jornalistas de música do Brasil para conhecerem o evento. Isso começou a repercutir. Tinha um disco anual, e neles estão registradas obras primeiras de Lenine, Chico César, Zeca Baleiro, Moacyr Luz, Jorge Vercillo, Celso Viáfora, Jean e Paulo Garfunkel, Dani Black, 5 a Seco, Ivor Lancellotti, Carlos Careqa, dentre muitos outros. O “Canções de primeira – volume 1” saiu disso.