Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


Hermeto Pascoal

Hermeto_Pascoal

Hermeto Pascoal

Alex Paz – 06/02/2015

Conhecido como "o bruxo" ou "o mago", é considerado por boa parte dos músicos como um dos maiores gênios em atividade na música mundial. Poli instrumentista, é famoso por sua capacidade de extrair música boa de qualquer coisa, desde chaleiras e brinquedos de plástico até a fala das pessoas.

Nascido em Olho d´Água e criado em Lagoa da Canoa, na época município de Arapiraca, estado de Alagoas, em 22 de junho de 1936, Hermeto Pascoal é filho de Vergelina Eulália de Oliveira (dona Divina) e Pascoal José da Costa (seu Pascoal). Foi no seu alistamento militar que colocaram o pré nome de seu pai como seu sobrenome. Desde pequeno aprendeu a tocar flauta e sanfona e aos seus 11 anos de idade já se apresentava em forrós e feiras na companhia do irmão.

Em 1950 a família se mudou para Recife e ele continuou se apresentando com o irmão na rádio. No final da década foi para o Rio de Janeiro, onde tocou em conjuntos regionais e na Rádio Mauá. Mais tarde transferiu-se para São Paulo, onde formou o grupo Som Quatro. Depois integrou o Sambrasa Trio, ao lado de Airto Moreira (bateria) e Claiber (baixo).

No final dos anos 60 começou a ganhar fama como pianista e flautista do Quarteto Novo, que lançou seu primeiro e único disco em 1967. Nesse LP figurava a primeira composição de Hermeto que foi gravada: "O ovo", que se tornou um clássico da música instrumental, assim como "Bebê".

O Quarteto Novo surgiu como proposta de inovação musical, por misturar elementos legítimos nordestinos, como as levadas de baião e xaxado, e harmonias jazzísticas e contemporâneas.

No início da década de 70 foi aos Estados Unidos a convite de Airto Moreira e lá gravou com Miles Davis e num disco de Airto. De volta ao Brasil, gravou, com grande êxito, o LP "A Música Livre de Hermeto Pascoal", onde apresenta temas seus e interpretações de clássicos como "Asa Branca" (Luiz Gonzaga) e "Carinhoso" (Pixinguinha).

Participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, compôs peças sinfônicas, construiu instrumentos e gravou diversos discos por gravadoras diferentes. Pascoal viaja frequentemente aos Estados Unidos e Europa, onde é muito popular, especialmente entre músicos.

Discografia:

Natural Feelings – 1970

Hermeto – 1970

Seeds on the ground the natural sounds of Airto – 1971

A música livre de Hermweto Pascoal - 1973

Slaves mass - 1976

Zabumbabuma – 1979

Ao vivo Montreux-Jazz Festival - 1979

Cérebro magnético – 1980

Hermeto Pascoal Grupo 1982

Montreux-Jazz Festival – 1982

Lagoa da canoa Município de Arapiraca - 1984

Brasil universo - 1986

Só não toca quem não quer – 1987

Por diferentes caminhos – 1988

Festa dos deuses – 1992

Renato Borghetti – Hermeto Pascoal – 1993

Pau-Brasil e Hermeto Pascoal – 1996

Eu e ela – 1999