Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


De Uberlândia para o Brasil, Grande Otelo.

Grande_Otelo

De Uberlândia para o Brasil, Grande Otelo.

Por: Alex Paz - 04/02/2015

Grande Otelo, pseudônimo de Sebastião Bernardes de Souza Prata (Uberlândia, 18 de outubro de 1915 — Paris, 26 de novembro de 1993) foi ator, comediante, cantor, escritor e compositor brasileiro. Grande artista de cassinos cariocas e do chamado teatro de revista. Participou de uma companhia mambembe de teatro e da Companhia Negra de Revistas. Em 1932 ingressou para a Companhia Jardel Jércolis, e foi nela, que recebeu o apelido de Grande Otelo. Atuou em diversos filmes brasileiros de sucesso, entre os quais as famosas comédias nas décadas de 1940 e 1950, que estrelou em parceria com o cômico Oscarito, e a versão cinematográfica de Macunaíma, realizada em 1969.

Otelo foi considerado como o melhor ator brasileiro de sua época e até os dias de hoje e seu nome é unanimidade no mundo das artes cênicas. Foram mais de 90 filmes e 23 participações em novelas. Ele com certeza, é um dos nomes imortais do cenário cultural brasileiro.