Artise - Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno

Partilhe este site...

 

Seja bem-vindo!

 Interrogação

Comentários

Telefones de Emergência 

Polícia Civil 197

Defesa Civil 199

Polícia Militar 190

Polícia Federal 194

Pronto-Socorro 192

Disque-Denúncia 181

Corpo de Bombeiros 193

Delegacias da Mulher 180

Polícia Rodoviária Fed. 191

Polícia Rodoviária Est. 198

Telefones Úteis

Ibama 152

Procon 151

Detran 154

CEB 0800-610196

INSS 0800-780191

Água e Esgoto 115

Vigilância Sanitária 150

Polícia Federal 3311-8000

 


Cultura lança seu maior edital para o Audiovisual

Cultura lança seu maior edital para o Audiovisual

Cultura lança seu maior edital para o Audiovisual

Fonte: Secretaria de Cultura do Distrito Federal 

(Brasília-DF, 29/2/2016) – A Secretaria de Cultura lançou nesta segunda-feira (29/2) o maior edital para linguagem audiovisual da história do Fundo de Apoio à Cultura (FAC). Serão, no total, R$ 22.715.000,00 que deverão contemplar 72 projetos. Do orçamento total, R$ 9,9 milhões são provenientes de parceria entre a Secretaria de Cultura e a Ancine (Agência Nacional do Cinema). O edital será publicado amanhã no Diário Oficial do DF.

O volume de recursos deste edital do FAC para a linguagem de Audiovisual será tão expressivo, que ultrapassará estados com tradição histórica no segmento como Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo, tornando o FAC Audiovisual 2016, o maior edital de fomento direto ao audiovisual do Brasil.

Para o governador, Rodrigo Rollemberg, essa seleção é muito importante para fomentar a economia e gerar emprego qualificado, além de promover a cultura e a identidade nacionais. "Brasília vem se tornando, a cada ano, uma referência nacional em audiovisual", disse. O secretário de Cultura, Guilherme Reis, acrescentou que investimentos contínuos geram melhorias na produção audiovisual. "Basta vermos os exemplos recentes de filmes realizados com recursos do FAC que estão colecionando prêmios dentro e fora do país", argumentou.

Além do grande aporte de recursos, o edital possuirá novas categorias que até então nunca haviam sido contempladas pelo Fundo de Apoio a Cultura, como a criação e manutenção de cineclubes, restauração e preservação de acervo e linhas específicas para publicações, capacitações e pesquisas relacionadas ao audiovisual, o que será fundamental para a efetivação de uma política de fomento que abranja todas etapas e segmentos da cadeia produtiva dos realizadores. Veja abaixo quadro resumido com as linhas de apoio, número de vagas e valores deste edital.

O segundo edital do FAC/2015 é possível graças às mudanças no decreto 34.785/2013, que simplificaram os editais do FAC. As mudanças foram realizadas após um amplo processo de discussão e participação social que contou com um plataforma on-line de contribuições, além de uma série de reuniões com associações e entidades representativas do segmento. Foram incorporados uma série de avanços significativos inclusive no que se refere a desburocratização do acesso ao edital, o que colocou fim a obrigatoriedade das contrapartidas e a exigência dos três orçamentos para cada rubrica, pleitos históricos do movimento cultural brasiliense.

Além de uma série de reuniões presenciais com as entidades e associações representativas do setor, foi utilizada uma plataforma on-line colaborativa em cogestão plena com a sociedade. "Assim, conseguimos ter um termômetro bem específico de cada item do edital e avançarmos em várias áreas, atendendo os interesses da classe e das políticas públicas da secretaria, na direção de consolidar o DF como polo Audiovisual de referência para todo país", avalia o subsecretário de Fomento e Incentivo Cultural, Thiago Rocha.

O lançamento do edital foi realizado às 15h30, no Palácio do Buriti, e contou ainda com a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira; do presidente da Ancine, Manoel Rangel; e dos deputados distritais Cláudio Abrantes e Roosevelt Vilela. Abrindo os discursos, o secretário Guilherme Reis aproveitou a participação de Juca e de Manoel para se mostrar solidário às ações do Ministério da Cultura conta contra liminar que exime teles de recolher a contribuição do Condecine ao Fundo Setorial do Audiovisual.

Serão realizadas oficinas e palestras para divulgar e ensinar como participar deste edital. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 2 de março até 15 de abril, por meio do site www.editais.cultura.df.gov.br. Dúvidas e informações podem ser tiradas no site http://www.fac.df.gov.br, ou pelo atendimento presencial na própria Secretaria de Cultura, de segunda a sexta das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 

Linha de apoio

Quantidade Mínima de Vagas

Valor Máximo por Projeto

Valor Total da Linha

1.1: Desenvolvimento de Projeto Cinematográfico de Longa-metragem ou obra seriada

10

Até R$ 65.000,00

R$ 650.000,00

1.2: Produção de obra cinematográfica, com finalização

12

Até R$ 130.000,00

R$ 1.560.000,00

1.3: Produção de obra cinematográfica, com finalização, para diretores estreantes

4

Até R$ 60.000,00

R$ 240.000,00

1.4.1: Produção de Longa-metragem – Módulo I

2

De R$ 400.000,00

até R$ 800.000,00

R$ 1.600.000,00

1.4.2: Produção de Longa-metragem – Módulo II *

4

De R$ 600.000,00 até R$ 1.200.000,00

 

 R$ 4.800.000,00

1.5: Produção de Longa-metragem de Ficção *

4

De R$ 1.200.000,00 até R$ 2.175.000,00

R$ 8.700.000,00

1.6: Finalização e/ou Lançamento de Obra Audiovisual

4

Até R$ 250.000,00

R$ 1.000.000,00

1.7: Complementação de Obra Audiovisual *

1

Até R$ 350.000,00

R$ 350.000,00

1.8: Comercialização/Distribuição de Longa-metragem *

4

Até R$ 300.000,00

R$ 1.200.000,00

1.9.1: Mostras e Festivais – Módulo I

4

Até R$ 150.000,00

R$ 600.000,00

1.9.2: Mostras e Festivais – Módulo II

2

Até R$ 350.000,00

R$ 700.000,00

1.9.3: Mostras e Festivais – Módulo III

1

Até R$ 450.000,00

R$ 450.000,00

1.10: Ações de capacitação/formação (oficinas, cursos, ações educativas ou de formação de plateia, etc.)

4

Até R$ 50.000,00

R$ 200.000,00

1.11: Publicação (catálogos, periódicos, livros, revistas especializadas etc.)

3

Até R$ 45.000,00

R$ 135.000,00

1.12: Pesquisa Cultural

2

Até R$ 80.000,00

R$ 160.000,00

 

1.13: Restauração/Preservação de Acervo

1

Até R$ 120.000,00

R$ 120.000,00

1.14: Apoio ao desenvolvimento do cineclubismo

10

Até R$ 30.000,00

R$ 300.000,00

 

 

Total de recursos destinados para a área cultural

R$12.725.000,00(FAC)

R$ 9.990.000,00(FSA)

 

R$ 22.715.000,00